Fotografia documental: o dia-a-dia da Família de Liz

Fotografia documental de família: o dia-a-dia da Família de Liz.

Antes de mais nada, preciso dizer que vivi uma experiência encantadora…
A Natália me procurou pra fotografar a rotina da família dela, com a finalidade de guardar as memórias antes da sua possível mudança pra outra cidade.

Inegavelmente falei da experiência do mini documental, uma vez que ela me mandou áudios liiiindos sobre como ela e a família sentavam em volta da mesa e conversavam por horas.

Ela topou de cara, e eles, sem dúvida, vestiram a camisa pra essa experiência. Assim que tudo se concretizou, pedi informações valiosas as quais só a Nati poderia me contar antes do grande dia.

Ao passo que conversávamos, também me contou a história da van que estaria prestes a virar um motor home.
Mas digno de nota: o pai e a mãe dela estão construindo tudo!!!!

No dia: Chuva, muita chuva.
Até me antecipei e falei pra Nati: “A previsão é chuva, mantemos a data?”
Ela logo respondeu: “Não tem problema não, eu amo chuva!”
Tudo conspirava a nosso favor…

No momento em que eu cheguei na casa deles, conheci o Bob, um cachorro idosinho de 14 anos. Coisa mais fofa! Apesar de doentinho, participou de tudo.
Ele também era um dos motivos pra Nati registrar aquele dia.

A família da Nati se programou a vida inteira pra que ela cursasse medicina, foram 25 anos de luta.
Só pra exemplificar o quanto a Nati se esforçou: Dona Sandra e Francisco moraram um tempo longe, na Amazônia… E ela continuou forte por aqui no cursinho com 18 anos de idade.
Determinação e garra resumiam.
De família aventureira, Nati não desistiria nunca.

Além disso, de alguma forma os astros se alinharam pra marcarmos a sessão de fotografia documental no dia em que ela receberia a notícia que poderia se formar na faculdade antes do tempo estimado (por conta de tudo que anda ocorrendo no mundo). Foi um dia de arrepiar!!!

Surpreendentemente, quando ela soube da notícia, eu estava lá, registrando tudo!

Não faço ideia de quanta carga emocional essas fotos vão transmitir pra eles, mas posso imaginar.
O orgulho dos pais transbordava, a Nati nem conseguia acreditar.

Por fim, além deste grande acontecido, fotografamos tudo que os três costumam fazer no final de semana: a construção do motor home, baralho, caipirinha, pizza, chimarrão, pipoca, música e muito papo em volta da mesa (da cozinha, como bons italianos que são).

Como resultado: essas lindas fotos!

Certamente é bom passar uma tarde assim, né?
Essa família lembra muuuuuito a minha!
Se você também quer fazer um mini documental assim, é só me chamar!
Me manda um email, usando o formulário de contato aqui do site!
Lambeijos do Bob e até a próxima história! =)

Um comentário em “Fotografia documental: o dia-a-dia da Família de Liz

  1. Natália Liz says:

    Foi lindoo e muito emocionante!!
    A Bru além de ser um doce é uma excelente profissional! Nos deixou super a vontade e soube registrar com muita delicadeza a nossa rotina! Até meu pai se soltou no final haha
    Foi uma tarde maravilhosa e vou guardar pra sempre com muito carinho!
    Obs.: Adorei os lambeijos do Bob no final!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *